Fale conosco:

Blefarite em cães

O que é? 

A blefarite em cães é uma condição que pode causar desconforto e irritação nos olhos do seu companheiro peludo. Essa condição pode se manifestar de várias formas e ser causada por uma variedade de fatores, incluindo alergias, infecções bacterianas ou fúngicas, irritantes ambientais e até mesmo parasitas.

Sintomas: 

Os sintomas da blefarite em cães podem variar, mas geralmente incluem vermelhidão ao redor dos olhos, inchaço das pálpebras, coceira, secreção ocular excessiva e até mesmo úlceras na córnea em casos mais graves. Se o seu cão está demonstrando algum desses sintomas, é importante levá-lo ao veterinário para um diagnóstico preciso e tratamento adequado.

Tratamento: 

O tratamento da blefarite em cães dependerá da causa subjacente da condição. Se for causada por alergias, o veterinário pode prescrever medicamentos antialérgicos ou colírios para ajudar a reduzir a inflamação e a coceira. Se uma infecção bacteriana ou fúngica estiver presente, podem ser necessários antibióticos ou antifúngicos tópicos ou sistêmicos para eliminar a causa.

Além do tratamento medicamentoso, é importante também tomar medidas para evitar que o problema se agrave. Isso pode incluir manter o ambiente do seu cão limpo e livre de irritantes, como poeira e produtos químicos agressivos. Se o seu cão tem alergias conhecidas, evitar os alérgenos desencadeantes pode ajudar a prevenir futuros episódios de blefarite.

Além disso, é essencial manter os olhos do seu cão limpos e livres de secreções. Isso pode ser feito com uma solução salina estéril e gaze ou com lenços umedecidos específicos para limpeza ocular, sempre seguindo as instruções do seu veterinário.

Em casos graves ou recorrentes de blefarite, o veterinário geral pode encaminhar o seu cão a um oftalmologista ou até mesmo um dermatologista, já que se trata de alteração na pele ao redor dos olhos. Com cuidados adequados e tratamento precoce, muitos cães com blefarites podem ter uma melhora significativa na sua qualidade de vida e conforto ocular.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *