Fale conosco:

Conjuntivite: saiba como pode afetar seu pet

A conjuntiva é uma membrana mucosa que reveste a superfície do olho, mais precisamente a esclera (parte branca do bulbo ocular) e as pálpebras internamente. Ela ajuda na dinâmica do filme lacrimal: produz da parte mucosa da lágrima; na proteção imunológica do olho, movimento ocular, dentre outras funções, explica Dr. Vitor Rafael Pena Magri.
Qualquer doença sistêmica ou ocular que leve a danos ou inflamação dessa membrana, ocasiona perda ou diminuição de suas funções e chamamos esse quadro de conjuntivite. Possui causas e sinais diferentes dos humanos, e o risco de transmissão de um animal para outro ocorre mais entre os gatos. Dificilmente os cães transmitem para outros cães.

SINAIS CLÍNICOS

Os principais sinais em resposta são:

  • quemose (edema e inchaço)
  • vermelhidão
  • lacrimejamento
  • secreção

Sinais mais crônicos:

  • pequenos nódulos na superfície da conjuntiva,
  • congestão dos vasos episclerais,
  • pigmentação,
  • persistência de vermelhidão e secreção.

PRINCIPAIS CAUSAS

As conjuntivites bacterianas específicas (as que mais acometem os humanos) são mais comuns nos gatos e praticamente raras nos cães. Nos cães essa infecção é secundária a inflamação, que possui causas diversas como:
Anormalidades palpebrais: Que fazem com que os pelos fiquem voltados para a superfície ocular.
Virais: as principais são cinomose e herpes canino;
Parasitárias: leishmania spp., miíases, etc;
Inflamatórias: Pannus (ceratite superficial crônica), corpo estranho;
Associada a deficiências lacrimais: Ceratoconjuntivite Seca (CCS ou KSC), que é a deficiência na quantidade e/ou qualidade da lágrima que pode ter origem inflamatória, e sem dúvida a principal causa de conjuntivite nos cães. Leia mais sobre Olho Seco.
Nos gatos são:
Bacterianas: por Chlamydia sp. e Mycoplasma spp. ;
Virais: Herpesvírus Felino – 1 (FHV-1);
Simbléfaro: É a adesão da conjuntiva nela mesma, na pálpebra e/ou até mesmo na córnea, sua origem ainda é desconhecida, porém acredita-se ter relação com Hérpesvírus.
 
Como as causas são diversas, as conjuntivites não possuem um único tratamento, necessita de exames oftálmicos específicos que procurem determinar a causa de base a fim de estabelecer o tratamento correto, ressalta ainda o Dr. Vitor Rafael Pena Magri.
Na Pet Visão temos um serviço exclusivo de oftalmologia veterinária atendendo em hora marcada. As emergências oftalmológicas tem atendimento 24 horas por dia todos os dias do ano pelo contato no celular (17)981144210.
 

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.